A alta temporada está chegando por aí. Você já arrumou seu emprego como instrutor de mergulho? Já já o inverno vai embora, chega o verão e com ele mais uma temporada de mergulho.

Para quem quer trabalhar com mergulho aqui no Brasil ou no Caribe, a hora é agora! Os meses de agosto e setembro são os melhores para enviar o currículo, pois as escolas e operadoras de mergulho, de uma forma geral, estão começando a selecionar pessoas para montar suas equipes.

Mas calma, nada de sair enviando currículos para todas as escolas de mergulho sem critério nenhum. Saber para quem e como enviar é fundamental para ter sucesso na contratação.

Hoje vou falar de alguns macetes incríveis para você se destacar e conseguir o emprego como instrutor de mergulho. Você vai ler mais sobre:

  1. Defina o que você quer
  2. Escolha bem a escola onde você vai trabalhar
  3. Prepare o seu currículo
  4. Currículo em vídeo
  5. Potencialize os seus contatos
  6. Enviar e-mail personalizado
  7. Ligar após enviar email
  8. Monitorar

Gostou do que vem por aí? Então compartilhe esse artigo com seus amigos e não se esqueça de deixar o seu comentário.

#1 - DEFINA O QUE VOCÊ QUER

DEFINA O QUE VOCÊ QUER

Antes de sair por aí distribuindo currículos para tudo que é escola de mergulho, você precisa reservar um tempo para definir o que quer para a sua carreira.

Procure listar todas as características do que seria o “emprego dos sonhos”. O que você quer? Oportunidade de crescimento, trabalhar perto de casa, conhecer novos horizontes, benefícios, bom ambiente de trabalho, desafios interessantes…

Saber o que você quer para sua vida profissional ajuda a baixar a ansiedade e, de quebra, a descobrir aquelas escolas de mergulho em que você se encaixaria melhor.

#2 - ESCOLHA BEM A ESCOLA ONDE VOCÊ VAI TRABALHAR

ESCOLHA BEM A ESCOLA ONDE VOCÊ VAI TRABALHAR

A escolha da escola de mergulho é um passo fundamental antes de você decidir enviar o seu currículo. Já imaginou trabalhar numa empresa onde não se sinta bem, ou que não compartilhe dos mesmo objetivos?

Para conhecer melhor a escola onde pretende trabalhar você deve:

  • Acessar o site dela e conhecer os serviços que ela oferece
  • Pesquisar na internet e nas redes sociais (facebook, instagram e linkedin) o que as pessoas dessa escola
  • Conhecer os valores da escola para ver se estão de acordo com os seus
  • Perguntar para os seus amigos, se alguém conhece a escola pessoalmente, se já fizeram algum curso, mergulharam com eles ou se conhecem alguém que já fez e como foi experiência dele

Feita a pesquisa, faça uma lista com pelo menos 20 escolas com as características que você procura e que podem se beneficiar da sua experiência. Elas serão o seu alvo!

#3 - PREPARE O SEU CURRÍCULO

PREPARE O SEU CURRÍCULO

Antes de escrever seu currículo, faça um esboço do que você acha importante constar nele.

Seguem algumas dicas de informações que devem constar no seu currículo:

  • Dados pessoais: nome, sobrenome, cidade e data de nascimento, estado civil, endereço, número de telefone, skype, google hangout, email, etc.
  • Foto: coloque uma foto sua, tipo 3×4 ou você com equipado na superfície, mas que se veja bem o seu rosto (sem máscara de mergulho ou óculos). Lembre-se que essa foto é para um currículo profissional
  • Redes sociais: é uma excelente forma do responsável pela contratação ver o seu trabalho e conhecer mais sobre você
  • Formação acadêmica: estudos feitos, indicando data, nome da escola ou universidade e lugar
  • Idiomas: você fala inglês, espanhol, chinês? Seu nível é básico, intermediário fluente? Não deixe de colocar
  • Nível de formação: qual é o seu nível (divemaster, instrutor OWSI, Instrutor MSDT, etc)
  • Instrutor de Especialidades: quais especializações você ensina?
  • Especializações feitas: é importante colocar quais especializações você já fez (mesmo que não ensine), nitrox, naufrágio, noturno, etc
  • Cursos de mergulho técnico: você é mergulhador ou intrutor de mergulho técnico?
  • Experiência profissional: coloque onde você trabalhou, datas, quais eram as suas funções
  • Número de alunos formados: Esta informação vai mostrar a experiência que você tem ensinando
  • Porquê a escola deve contratar você? Seja sincero com o que você pode acrescentar para a escola
  • Outras experiências extra mergulho: vendas, marketing, administração, contabilidade, fotografia, informática, etc
  • Referências: coloque 2 ou 3 contatos de escolas onde você já trabalhou
  • Outros dados de interesse: Informações que a vaga exija como: carteira de motorista, disponibilidade, etc

Por fim, anexe cartas de recomendação e certificados de outros cursos ou workshops que você tenha feito. Faça um currículo com um layout atraente e bonito e salve em PDF.

#4 - CURRÍCULO EM VÍDEO

CURRÍCULO EM VÍDEO

Você já ouviu falar em currículo em vídeo? Pois é, isso é bem recente, mas tem ganho bastante força no Brasil e mundo.

O currículo em vídeo é moderno e criativo. E mostra que é uma pessoa ligada no que há de novo no mercado.

Através de um currículo em vídeo, você poderá mostrar muito mais do que no currículo de papel, além de se diferenciar dos demais candidatos por sua iniciativa e criatividade.

A pessoa responsável pela contratação irá analisar como você fala e se expressa, o que se torna um diferencial para você conseguir uma entrevista.

Quer aprender mais sobre este tipo de currículo?
Clique na imagem abaixo para assistir o vídeo:

Currículo em Vídeo

Confira o artigo completo com dicas para criar o seu currículo em vídeo aqui

#5. POTENCIALIZE OS SEUS CONTATOS

POTENCIALIZE OS SEUS CONTATOS

Contatos são extremamente importantes!  Imagine que a pessoa responsável pela contratação receberá milhares de e-mails. Como saber se aquele currículo que parece ótimo na tela do computador é realmente bom no dia a dia?

Com certeza as indicações farão a diferença, pois facilitam o processo e evitam contratações equivocadas.

Sendo assim, veja se você tem alguma amigo que conhece alguém na escola onde você quer trabalhar. Fale com a pessoa em questão e peça se ela pode te indicar ou passar o contato direto do responsável pelas contratações da escola onde pretende trabalhar.

Peça também se quando enviar o currículo pode falar que foi indicado por esse seu contato. A probabilidade de você conseguir a entrevista de emprego é de aproximadamente 80%.

Caso esse seu amigo/conhecido não quiser passar o contato ou não permitir que você fale que ele indicou, não fique chateado. Ele tem os seus motivos. Siga em frente e não desanime!

#6. ENVIAR E-MAIL PERSONALIZADO

ENVIAR E-MAIL PERSONALIZADO

Você já definiu o que é importante para você, escolheu as escolas onde quer trabalhar, preparou o seu currículo, tem o contato direto do responsável pelas contratações, então chegou a hora de enviar o currículo!

A primeira coisa a fazer é criar um texto de apresentação que será enviado no corpo do e-mail e um título que chame a atenção.

Título que chame a atenção, mas o que é isso? Imagine o seguinte, se essa escola onde você quer trabalhar tiver anunciado uma vaga e estiver recebendo vários currículos por dia, e o seu e-mail chegar com o título “Currículo” ou “Curriculum Vitae”, será que vai se destacar dos outros e-mails? A resposta é não!

Mas se você criar um título criativo como, por exemplo, “Juntos teremos mais alunos”, certamente irá se destacar e o responsável irá abrir o seu e-mail.

#7. LIGAR APÓS ENVIAR E-MAIL

LIGAR APÓS ENVIAR E-MAIL

Você mandou o e-mail e agora vai ficar sentando esperando que liguem para você?

Claro que não! Ligue para a escola, peça para falar com o responsável pela contratação e fale que você enviou o currículo e gostaria que ele desse uma atenção especial para ler o seu e-mail.

Procure saber também qual é o prazo para a contratação. Assim você não vai ficar à espera eternamente, mas segure a ansiedade e não fique ligando toda hora para saber do processo.

Coloque-se ao dispor caso ele tenha alguma dúvida ou se ele quiser marcar uma entrevista.

Não tome muito tempo dele, demore apenas 1 ou 2 minutos. Você não quer ser aquele cara chato e inconveniente!

Depois dessa ligação certamente ele irá ficar curioso para ver o seu currículo e quem sabe marcar uma entrevista.

#8. MONITORAR

Monitorar

Após todas as etapas concluídas, monitore o seu e-mail constantemente. O ideal é monitorar 2 a 3 vezes por dia.

Caso receba um e-mail solicitando alguma informação adicional ou querendo marcar uma entrevista, responda o mais rápido e mais educadamente possível.

Já vi vários casos onde o candidato foi selecionado para a entrevista, mas acabou perdendo a oportunidade porque não viu o e-mail ou trocou o número de celular. Isso é absurdo! Pois se você se inscreveu para uma vaga, o mínimo que deve fazer é monitorar seus contatos.

Gostou? Agora que você já sabe todos os macetes, não fique essa temporada sem trabalhar!

Fonte de imagens: freepik

 

Você também vai gostar de