A insatisfação com o trabalho e o desejo de mudar de carreira podem chegar em qualquer idade.

Nem sempre a escolha de profissão que fazemos ainda jovens, ao prestar vestibular é a que vamos seguir por toda nossa vida. E nem sempre conseguimos identificar isso no primeiro contato com o dia a dia da profissão.

Muitas das pessoas que nos procuram para saber mais sobre as carreiras na área do mergulho são profissionais que estão insatisfeitos com suas carreiras atuais e identificaram no mergulho uma possibilidade de mudança. E, vez ou outra, acaba surgindo uma pergunta muito comum: será que não é muito tarde para mim?

Neste artigo vamos falar:

Se essa é também a sua dúvida, aperta o cinto e vem com a gente descobrir se ainda dá tempo de correr atrás do seu sonho.

Quais são as possibilidades de carreira no mergulho?

Possibilidades Instrutor de Mergulho

O primeiro nível profissional PADI é o divemaster. Tornar-se um divemaster é o primeiro passo para quem deseja trabalhar com mergulho. Ao contrário do que muitos ainda pensam, o divemaster não é um instrutor de mergulho, mas ele está habilitado a guiar mergulhadores certificados e a dar suporte aos instrutores, quando necessário.

O divemaster é normalmente o responsável por organizar as operações de mergulho, ou seja, é ele quem vai separar todos os equipamento de mergulho, carregar a embarcação e depois da operação, lavar os equipamentos e recarregar os cilindros.

Naturalmente, a rotina do divemaster é mais pesada que a rotina de um instrutor, mas isso não quer dizer que o instrutor de mergulho não vai carregar peso.

Depois do divemaster, temos o Assistente de Instrutor, que, após a certificação, pode ministrar aulas teóricas e aulas práticas sob a supervisão de um instrutor.

Em um nível mais alto, temos o Instrutor de Mergulho, que está habilitado para ministrar aulas teóricas e práticas e certificar alunos, desde o curso básico até o divemaster.

Se você deseja entender melhor o caminho que deve percorrer até virar um instrutor, acesse nossa página como virar um instrutor de mergulho. Lá você vai encontrar todos os cursos que precisará fazer e a duração média de cada curso.

O prazo mínimo para para ir do zero ao instrutor de mergulho são 6 meses, pois um dos pré-requisitos para participar de um curso de instrutor é que você seja um mergulhador certificado a pelo menos 6 meses e que você tenha 100 mergulhos registrados.

Sua rotina como instrutor de mergulho vai depender das atividades que escolheu para a sua carreira, bem como o local onde trabalha. Existem locais onde a operação de mergulho é mais tranquila, seja pelo volume de mergulhadores, infraestrutura náutica ou condição do mar.

Como é a rotina de um instrutor de mergulho?

Rotina Instrutor de Mergulho

O dia a dia de um instrutor de mergulho costuma ter bastante variedade. A rotina pode ser totalmente diferente de um dia para o outro e também vai depender do que você planejou para a sua carreira.

Em um dia, você pode estar apresentando o maravilhoso mundo do mergulho para uma turma do curso básico, no primeiro contato deles com o universo subaquático. No dia seguinte, você pode estar acompanhando um grupo de mergulhadores avançados em uma operação para conhecer um naufrágio ou uma região de recifes.

Como instrutor de mergulho você pode trabalhar numa cidade longe da praia e ficar mais focado em aulas teóricas e práticas de piscina, ou trabalhar em algum destino de mergulho, como Fernando de Noronha, Arraial do Cabo ou Maceió, e ficar mais focado na operações de mergulho.

As possibilidades são múltiplas! Mas, diante de tantas possibilidades, vamos agora à pergunta principal, que, inclusive, dá título ao post de hoje.

Se você tem 30 anos a hora de mudar é agora!

Instrutor de Mergulho aos 30 anos

É normalmente nessa idade que o desejo de mudança aflora. Muitas vezes, olhamos para nossa carreira e percebemos que já conquistamos tudo o que queríamos e percebemos que precisamos de novos desafios.

É nesse período que reavaliamos nossa vida e descobrimos que o mais importante é ter qualidade de vida. Buscamos uma vida mais tranquila, com menos estresse e mais contato com a natureza.

E aí, entra o mergulho! Como divemaster ou instrutor de mergulho você será capaz de trabalhar em qualquer lugar do mundo, morar em paraísos tropicais e fazer da praia o seu escritório.

Mas muitos pensam, será que não estou velho para isso? Acho que eu deveria ter pensando nisso quando tinha 18 anos. Errado!

Veja alguns benefícios de iniciar sua formação como profissional de mergulho aos 30 anos:

  • Aos 30 anos você tem mais maturidade para compreender as matérias, relacionar conteúdos e cumprir as exigências acadêmicas.
  • Suas experiências anteriores, sejam de vida ou profissional, contribui para o enriquecimento do seu aprendizado.
  • Pessoas que já trabalham ou trabalharam podem ser mais disciplinadas e focadas.
  • Quem faz uma curso de formação após os 30 anos sabe o que quer, tem determinação e um objetivo claro a alcançar.

Um outro detalhe é o lado financeiro. Aos 30 anos temos mais condição financeira de investir em uma formação do que aos 20 anos, quando estamos na faculdade e não temos grana para bancar este sonho.

O medo da mudança é normal. Veja o artigo que escrevemos como enfrentar as dificuldades para mudar de vida.

Posso virar um instrutor depois dos 40?

Instrutor de Mergulho aos 40 anos

Sempre que nos fazem essa pergunta, nós costumamos responder: “Não há limites para ser feliz”.

A verdade é que, se ser instrutor de mergulho é o seu sonho, realmente não há limite de idade, ou de qualquer outra natureza. A idade não é um impedimento para que você decida mudar de carreira, nem deveria ser um obstáculo para qualquer mudança que você possa desejar fazer na sua vida.

É verdade que, conforme a idade vai chegando, as limitações físicas vão aparecendo também. Uma pessoa de 50 anos não vai ter a mesma disposição física para carregar um cilindro que uma de 18 ou 20 anos, por exemplo. Mas isso não significa que, por este motivo, seja impossível tornar-se um profissional de mergulho.

Muito pelo contrário, como ressaltamos acima, as possibilidades de atuação e rotina de trabalho de um instrutor de mergulho são inúmeras!

É possível ser um instrutor de mergulho mais voltado para o universo da sala de aula, com foco na formação e desenvolvimento contínuo de outros mergulhadores.

Além disso, pessoas mais experientes que não gostam muito da sala de aula e preferem as operações de mergulho, podem dar prioridade a locais com condições de mar e navegação mais tranquilas, ou podem até gerenciar um dive center.

Nesta idade o ideal é você planejar uma carreira como instrutor especializado em alguma área do mergulho. Você pode ser um excelente instrutor de mergulho técnico, mergulho científico ou fotografia subaquática. Veja uma área no mergulho que mais lhe atrai e invista nesta formação, faça diversos cursos e procure ser referência nessa área.

Mesmo com qualquer desafio que possa aparecer nesta jornada, o mais importante é persistir e correr atrás do seu objetivo, independentemente da sua idade.

Fonte de imagens: Freepik

Conhece outras pessoas que estão com a mesma dúvida? Compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude-as a passarem por cima das limitações e alcançarem seu sonho de tornar-se um instrutor de mergulho!

 

Você também vai gostar de