Ser ou não ser um instrutor de mergulho?

Pode até parecer uma pergunta filosófica, mas essa é a dúvida de muitos mergulhadores.

Será que eu devo apostar nessa profissão?

O profissional do século XXI é mais versátil, fluido e mutável. e está sempre em busca de novas experiências, competências, conhecimentos e, muitas vezes, realização pessoal.

E é aí que entra a profissão de instrutor de mergulho!

Mas antes de tomar qualquer decisão, é importante se atentar a alguns sinais.

Neste post vamos ver 12 sinais que comprovam que chegou a hora de você mudar de carreira para viver experiências incríveis como instrutor de mergulho.

Ficou curioso? Vem comigo.

Como saber se chegou a hora de ser um instrutor de mergulho?

Curtir mergulhar ao ponto de fazer desta a sua profissão, ter vontade de ensinar outras pessoas e não gostar daquele seu trabalho no escritório, em uma cidade repleta de prédios são alguns pontos bem importantes.

Se você não está feliz com a sua rotina, se está se sentindo frustrado com o seu trabalho leia esse artigo até o final!

O autoconhecimento é cada vez mais mais importante nossas vidas pessoal e profissional.

É ele quem gera movimento, sucesso ou melhores resultados.

Autoconhecimento significa estar consciente de quem você é na essência.

Descobrir o seu mais profundo e verdadeiro EU, quais são suas características principais, que fazem você agir da forma que age, ser quem você é, ou ter os resultados que você tem.

Foi me conhecendo melhor e descobrindo o realmente me fazia feliz que decidi tomar uma das melhores decisões da minha vida.

Em 2011 larguei minha carreira na área de logística de uma grande empresa em São Paulo para virar instrutora de mergulho.

Quer saber se chegou o momento de você ser um instrutor de mergulho também?

Vamos conferir os 12 sinais!

# 01 – Você ama mergulhar

Ama mergulhar

Mais interessante do que simplesmente amar o mergulho, é já ter o seu certificado de mergulhador.

Agora tudo fica mais fácil!

Você já deu o primeiro passo!

Já sabe como é a experiência do mergulho e já se identificou com o esporte.

Não que isso seja um pré-requisito. Temos muitos alunos que chegam aqui em Maceió para o Programa GoPRO que não possuem nenhum curso de mergulho.

Eu mesmo me encaixo nesse time. Eu não tinha curso, mas sempre amei a praia e o mar.

Eu sempre quis fazer o curso de mergulho, mas com a vida corrida que tinha em São Paulo não tive a oportunidade.

Mas quando cheguei aqui foi amor a primeira vista!

# 02 – Quer mergulhar todos os dias

Mergulhar todos os dias

Isso significa que está a um passo de tornar essa atividade a sua profissão, pois o instrutor mergulha diariamente a trabalho.

Querer mergulhar mais é o sonho de muito mergulhador!

A gente sempre volta de um final de semana de mergulho com um gostinho de quero mais.

Se você passa o mês pensando em quando vai mergulhar, por que não mudar essa lógica?

Por que não fazer disso o seu trabalho e assim poder mergulhar todos os dias?

Lógico que a vida de um instrutor de mergulho não é só mergulhar.

Ele tem outras responsabilidades, como preparar operações, fazer manutenção em equipamentos e até atender clientes no dive center.

Já escutei alguns profissionais reclamando da profissão e até já escrevi aqui no blog um post sobre esse tema.

# 03 – Curte ensinar

Gosta de ensinar

Esse é um sinal muito importante, pois o instrutor de mergulho é um professor!

Ele é o responsável por ensinar as pessoas a mergulhar.

Ele vai ter que ajudar seus alunos com suas dificuldades e anseios.

Ser paciente e gostar de lidar com pessoas são meio caminho andado.

Não se preocupe com a didática, pois você vai aprender diversas técnicas de ensino no curso de Instrutor de Mergulho.

Já imaginou proporcionar para outras pessoas aquela emoção que você viveu na sua primeira experiência com o mergulho?

# 04 – Não aguenta mais seu trabalho

Reclama do trabalho

Além de reclamar, não aguenta mais a rotina e vive estressado com as demandas, com o chefe e até com os colegas.

Este é um sinal que você não está feliz com seu trabalho.

Muitos fatores podem nos levar a uma situação como essa.

Durante a escolha e estruturação da nossa carreira, levamos em consideração alguns aspectos em detrimento de outros igualmente importantes.

Quando somos jovens durante a fase da escolha profissional podemos privilegiar uma área que esteja contratando mais e remunerando melhor, mas com o passar dos anos podemos nos ver numa situação onde privilegiamos nossos talentos, nossa realização pessoal e até e estilo de vida.

Não existe idade para mudar de carreira.

Se você não está feliz considere a possibilidade de mudar de carreira e sentir novamente aquela energia boa de aprender uma coisa nova! 

# 05 – Quer ter mais qualidade de vida

Quer qualidade de vida

Aqui entra a sua vontade de ter mais tempo para curtir a vida e de se sentir menos preso dentro de escritórios e em reuniões intermináveis.

Ser rico de dinheiro ou ser rico de experiências?

Uma vez escutei uma frase que dizia: “Rico é aquele que tem mais tempo para fazer a vida valer a pena!”

Esse foi um dos motivos que me levou a mudar de carreira.

Eu acordava as 5h00 para sair de casa as 6h00 e estar no meu trabalho as 8h00. E só voltava para a casa as 22h00.

Tinha um emprego que me gerava um ótimo salário, mas o que eu mais queria é tempo para mim.

# 06 – Quer morar na praia

Morar na praia

Quer morar na praia porque ama aquela brisa gostosa, o calor, as casinhas estilosas e, principalmente, o mar?

E você não quer esse contexto só nas férias, mas sim diariamente?

Então vai ser muito legal ser um instrutor de mergulho!

E não se limite as praias aqui no Brasil.

A certificação de instrutor de mergulho tem reconhecimento internacional, ou seja, você poderá trabalhar em qualquer praia do mundo!

Já imaginou morar em alguma ilha paradisíaca do caribe ou da indonésia?

# 07 – Adora esportes

Adora esportes

Se curte uma atividade física, então vai amar essa rotina de instrutor de mergulho, pois ela é um constante exercício físico.

Assim você une o útil ao agradável: o seu trabalho com o esporte!

E de quebra ainda cuida do corpo e da saúde.

Esqueça a rotina de ficar o dia inteiro sentado na frente do computador.

Ser um  instrutor de mergulho significa mais movimento.

Você acorda cedo com aquele lindo nascer do sol, prepara a embarcação, navega até o ponto e faz mergulhos incríveis.

Depois você volta para o dive center, lava os equipamentos, recarrega os cilindros e prepara a operação do dia seguinte.

Que tal essa rotina de trabalho?

# 08 – Quer fazer a sua vida valer a pena

Fazer a vida valer a pena

Se você não quer mais simplesmente olhar os anos passando na sua frente, então a profissão de instrutor de mergulho é mesmo para você!

Natureza, praia, mar e experiências é o que realmente faz a vida valer a pena, não é mesmo?

Como instrutor de mergulho você vai ter a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas.

Os alunos e mergulhadores vão virar nossos amigos.

Todas as pessoas que passam por nós têm algo interessante para compartilhar, há incontáveis histórias para serem ouvidas ou lidas.

Viva intensamente o presente e construa boas lembranças.

Agarre as oportunidades, enfrente o medo do desconhecido e mergulhe em algo novo sempre que puder.

Viajar, conversar, visitar lugares que você nunca foi.

Isso sim vai fazer a sua vida valer a pena!

# 09 – Quer viajar pelo mundo

Viajar pelo mundo

Viajar pelo mundo significa conhecer lugares, pessoas e novas culturas.

Se é o que quer, então pode apostar nessa carreira, pois é exatamente isso que ela vai proporcionar.

Diferente do seu diploma da faculdade, a sua certificação de instrutor de mergulho é reconhecida internacionalmente.

Isso é ótimo para quem quer ter uma fonte de renda para morar em outro país.

Temos muitos alunos que trabalham cada temporada em um local diferente.

Já pensou passar um tempo viajando pelo mundo e vivendo experiências inesquecíveis?

# 10 – Deseja fazer alguma coisa diferente em sua vida

Quer fazer coisas diferentes

Não existe nada mais diferente do que ser um instrutor de mergulho, pode ter certeza!

Mas você até ouça um milhão de críticas quando compartilhar essa decisão com sua família.

Mas não desanime. Tudo que envolve mudança mexe com as pessoas ao redor, o que é completamente natural.

Para saber mais, clique aqui e escute esse podcast em que conto como foi quando tomei a minha decisão e sobre todas as críticas que ouvi (e que aliás nunca me fizeram desistir!).

# 11 – Quer ter história para contar

Histórias para contar

Como instrutor de mergulho, você vai viver tantas experiências inesquecíveis, que todo mundo vai parar para ouvir as suas diversas histórias.

Encontros com animais marinhos, como tartarugas, raias, tubarões e muitos outros, são só uma parte do trabalho.

Isso mesmo!

Você vai viver, por exemplo, muitos momentos de superação, ao ponto de fazer as pessoas chorarem de emoção depois de um mergulho e virem te agradecer calorosamente pela experiência que proporcionou a elas.

Cada mergulho é único e especial!

# 12 – Não quer perder muito tempo ao fazer a transição de carreira

Não quer perder tempo

A boa notícia é que o seu sonho de se tornar um instrutor de mergulho pode ser realizado em no máximo 6 meses.

Se você já tiver algum curso de mergulho esse prazo cai para 3 a 4 meses!

Ou seja, não é uma nova faculdade.

Em pouquíssimo tempo você terá a chance de embarcar para a Tailândia ou até para a Playa del Carmem (a bela cidade hippie, alternativa e intimista do México) para os mais variados mergulhos.

Se você chegou até aqui, é porque provavelmente se identificou com alguns dos 12 sinais acima.

Faz sentido a vida de instrutor de mergulho para você?

Confira aqui o passo a passo para você ser um instrutor de mergulho.

Tem alguma dúvida sobre a profissão de Instrutor de Mergulho? Deixe aqui um comentário!

E-book GRÁTIS!

Aprenda tudo sobre a profissão de Instrutor de Mergulho.

NOVO
 

Você também vai gostar de