Quer saber o que significa PADI? Então vamos lá!

A siglas PADI vem de Professional Association of Diving Instructors.

A PADI é uma das certificadoras de mergulho, ou seja, responsável por elaborar os programas de treinamento e validar as certificações de mergulho emitidas por seus instrutores.

Existem diversas certificadoras de mergulho no mundo, mas a PADI é a maior e mais reconhecida no mundo.

Segundo levantamento realizado em 2014 pelo site www.divebuddy.com, umas das maiores comunidades online de mergulho criada em 1998, o market share da PADI é de 63%.

A PADI está presente em mais de 186 países no mundo e já emitiu até hoje mais de 25 milhões de certificações de mergulho.

E foi justamente pensando na relevância do tema que resolvi escrever esse artigo.

Você vai conhecer a história da PADI e se tornar mais um fã da marca!

# 01 – Como funciona o sistema PADI de ensino?

Sistema de Ensino PADI

Depois de saber o que é PADI, chegou a hora de entender o funcionamento desse sistema de ensino diferenciado.

Os cursos da PADI foram criados para fazer com que você aprenda de uma maneira agradável, divertida e segura.

Mas como isso funciona?

A PADI padronizou mundialmente todos os seus cursos.

Os padrões PADI definem todas as atividades que devem ser executadas pelos instrutores e alunos.

Desta forma, o curso básico é feito da mesma maneira independente da escola ou instrutor que estiver ministrando o curso, permitindo que um curso da PADI oferecido aqui no Brasil seja praticamente o mesmo que o realizado na Austrália.

Nos padrões de treinamento dos cursos PADI são definidos a teoria a ser abordada, os exercícios, o número de mergulhos, ou seja, tudo que o instrutor deve cumprir para emitir uma certificação.

Nos padrões ainda são definidos os requisitos de performance de cada habilidade de mergulho.

É responsabilidade do instrutor PADI garantir que todos os requisitos de performance do curso foram cumpridos.

A PADI ainda é a única certificadora de mergulho que possui um programa de controle de qualidade pró-ativo. Através de uma amostragem a PADI envia um questionário para os alunos certificados para verificar se seus padrões foram cumpridos pelos instrutores.

Ao verificar inconsistências nos cursos, a PADI tomará ações para garantir que isso não aconteça novamente, como aconselhamentos, retreinamento ou até expulsão do instrutor.

A seguir você vai entender como tudo isso começou!

# 02 – Como a PADI surgiu?

História PADI

A PADI foi fundada em 1966 por dois amigos de Illinois: John J. Cronin e Ralph Erickson.

John Cronin era um vendedor de equipamentos de mergulho na US Divers e começou a se envolver com mergulho em 1953, quando seu cliente Lenny entrou na loja dizendo que queria comprar Aqua-Lung.

Para se tornar um revendedor do Aqua-Lung, John teve que comprar 3 peças e acabou ficando com um.

Lenny lhe deu uma pequena instrução de 15 minutos e foi assim que John Cronin virou mergulhador.

Ralph EricksonEm 1961 John foi transferido para Chicago, onde conheceu Ralph Erickson, no banquete de recepção de uma associação de mergulhadores e assim viraram grandes amigos.

Naquela época os dois estavam bastante preocupados com a indústria do mergulho.

Eles sentiam que as agências de certificação eram pouco profissionais. Elas não usavam técnicas modernas de ensino e isso dificultava muito a inserção de pessoas e até afugentava as pessoas do esporte.

Os amigos começaram então a buscar uma forma mais segura e simples para que os aspirantes a mergulhador pudessem ingressar na aventura.

Após um evento frustrado com a NAUI, John pegou um avião e uma garrafa de Johnnie Walker e foi até o apartamento de Ralph para criarem uma organização de educação em mergulho.

E foi assim que aconteceu… John queria a palavra profissional no nome da empresa e Ralph gostaria de criar uma associação de instrutores de mergulho.

Como surgiu o nome da PADI?

Depois de algumas rodadas de uísque, surgiu a sigla PADI – Professional Association of Diving Instructors, que em português significa Associação Profissional de Instrutores de Mergulho.

“Nós ficamos sentados lá a noite toda, bebemos a garrafa inteira e desenhamos nossa própria certificadora de mergulho”

O objetivo era proporcionar a mais pessoas a oportunidade de desfrutar das maravilhas do mundo subaquático com um treinamento adequado e válido para o mergulho. Tudo isso com o uso de equipamentos autônomos. Dessa forma, os mergulhadores estariam seguros para mergulhar regularmente.

Bom, a coisa começou meio na garagem mesmo, mais especificamente no porão de John Cronin.

Depois de algum tempo, eles contrataram a vizinha da casa ao lado como secretária e era o filho de John, Brian, quem preenchia e fechava os envelopes com as certificações.

Mas e o logotipo?

Primeira logo PADI

Foi Ralph quem o projetou depois que Cronin disse que queria uma coisa “clássica”, similar ao logo da National Geographic. Ralph se inspirou no documentário Silent World de de Jacques Cousteau. Ralph Erickson esqueceu acidentalmente a letra “e” do “professional.” Esse erro só foi notado 2 anos depois por um dos membros PADI. 

Ele criou um mergulhador com uma tocha em um globo. Posteriormente o logo foi retocado até se tornar o atual.

Mas como essa empresa fundada no porão começou a crescer?

Ela na verdade cresceu de forma lenta. Em 1967, por exemplo, foram apresentados os requisitos de certificação para o primeiro curso de mergulho avançado e os primeiros programas de mergulhadores especializados.

No final da década de 70, a PADI já tinha 400 membros, mas os fundadores ainda lutavam para que ela seguisse em frente.

Quando John participou da grande feira da Associação Nacional de Artigos Esportivos, em Nova York, a coisa começou a mudar.

Lá ele conheceu Paul Tzimoulis, que mais tarde seria o editor da revista Skin Diver.

Paul sugeriu que a PADI colocasse a fotografia do mergulhador nas certificações, e em 1968, a empresa apresentou a primeira certificação de mergulho com foto, o que ajudou muito no seu reconhecimento global.

John Cronin assumiu então o cargo de diretor de vendas da US Divers e se mudou com a família para a Califórnia. Pra lá foi também o escritório da PADI em 1970.

Já Ralph começou a desenvolver um programa de treinamento modular, que, aliás, ganhou muita popularidade.

Em 1972 a certificação PADI Open Water Diver foi considerada o melhor nível de iniciação, com o dobro de mergulhos obrigatórios em águas abertas em comparação com outros cursos.

E no início dos anos 80, outra novidade surgiu: a PADI criou os seus próprios materiais de treinamento integrados e multimídia para alunos e instrutores de cada curso. Isso garantiu crescimento e destaque para a empresa, afinal, ela era a única que atuava dessa forma.

No final dos anos 80, a PADI era a principal organização de treinamento em mergulho do mundo.

Mas eles não queriam apenas o crescimento da empresa. Os dois amigos pretendiam ensinar os mergulhadores sobre a importância das suas relações com o mundo subaquático e com a responsabilidade de proteger o ambiente marinho. Foi aí que criaram a Fundação Project AWARE.

Em 2003 John Cronin faleceu e Ralph Erickson se foi três anos depois. Mas não se preocupe, os profissionais que estão hoje na linha de frente mantiveram toda essa herança e estratégia.

Liderada pelo Dr. Drew Richardson, Presidente e CEO, a PADI tem quase 400 funcionários nos seus escritórios corporativos em todo o mundo.

O comprometimento da empresa é: com a aquisição e retenção de mergulhadores responsáveis ​​e seguros, com a aquisição e retenção de membros de qualidade, com a prosperidade econômica e com um acordo mundial sobre a sua mensagem, produtos, sistemas e procedimentos.

# 03 – Por que a PADI se tornou umas das melhores certificadoras de mergulho?

Vantagens PADI

Mais do que saber o que é PADI, é essencial que entenda por que ela é realmente a melhor certificadora.

Acho que quando leu o tópico anterior você até já entendeu o motivo, mas vamos a alguns outros pontos interessantes.

Um dos principais é o padrão de ensino.

A PADI garante que os profissionais tenham um perfeito alinhamento na hora de ensinar os cursos de mergulho. Assim, tudo é feito de forma coerente e padronizada, mas com a flexibilidade de adaptar as técnicas às necessidades específicas do ambiente de mergulho local.

Outro ponto importante é que o aprendizado é feito de acordo com a performance do aluno, portanto, você progride conforme domina os requisitos essenciais para se tornar um mergulhador autônomo.

Mais do que isso, o seu instrutor vai ajudá-lo a cumprir os requisitos, independentemente do tempo que pode levar para dominá-los. Isso proporciona um aprendizado motivador e muito bem fundamentado.

A PADI também oferece a continuidade do estudo, disponibilizando diversos cursos com o intuito de ampliar e desenvolver suas habilidades como mergulhador ou profissional de mergulho.

São mais de 30 cursos de especialidades PADI que permitem que você direcione o seu aprendizado para o que mais gosta.

Além disso, a PADI é a única certificadora que tem um programa de controle de qualidade, oferecendo cursos dentro de rigorosos padrões educativos.

Depois de saber todas essas vantagens, nem preciso mencionar que as suas habilidades e conhecimentos serão completamente diferenciados de profissionais que apostaram em outras certificadoras.

Quer saber todas as vantagens da PADI? Então clique aqui e confira!

Agora que você já sabe o que é PADI, provavelmente ficou entusiasmado para ser um profissional PADI, certo?

Então veja aqui os nossos planos de carreira e aproveite!

 

Você também vai gostar de