Formação é coisa séria, e, por isso, você que está planejando se tornar um profissional de mergulho não pode se descuidar na hora de escolher a sua escola de mergulho.

A decisão de investir em uma formação profissional para se tornar um divemaster ou um instrutor de mergulho é tão importante quanto a escolha de investir em uma faculdade ou em um curso de pós-graduação, e deve ser levada a sério como tal.

No post de hoje, nós queremos chamar a sua atenção para alguns fatores que você não pode deixar de analisar no momento em que estiver avaliando as escolas que está considerando para fazer sua matrícula no curso de instrutor de mergulho.

Esteja bem atento para não correr o risco de investir seu dinheiro (além de tempo e esforço) em uma formação que não vai trazer o retorno que você espera.

Aqui neste artigo vou falar sobre alguns deles como:

  1. Avalie a estrutura física
  2. Dê uma checada na reputação
  3. Informe-se sobre a localização
  4. Analise o currículo dos instrutores
  5. Procure por benefícios e vantagens adicionais
  6. Leia as letrinhas minúsculas do contrato

Gostou do que vem por aí? Então compartilhe esse artigo com seus amigos e não se esqueça de deixar o seu comentário.

#1 - AVALIE A ESTRUTURA FÍSICA

AVALIE A ESTRUTURA FÍSICA

Assim como em qualquer tipo de escola, ou até mais, a estrutura física é algo de grande importância para uma escola de mergulho.

No momento de avaliar a escola, verifique:

  • Se tem uma sala de aula confortável para oferecer a melhor experiência possível de aprendizado
  • Um quadro branco para o instrutor poder explicar os assuntos para você
  • Sistema audiovisual (TV e DVD) para você poder assistir os slides e vídeos dos cursos
  • Se os equipamentos de mergulho são bem mantidos e estão em bom estado de uso
  • Qual é o tipo de embarcação que você irá fazer os seus mergulhos. Qual o tamanho, se é segura, etc.

Se puder, faça uma visita à escola pessoalmente. Caso não seja possível, acesse o website da escola e procure as informações.

#2 - DÊ UMA CHECADA NA REPUTAÇÃO

DÊ UMA CHECADA NA REPUTAÇÃO

Outro coisa importante a ser feita é uma análise do histórico da escola de mergulho que você está avaliando.

Há quanto tempo ela está no mercado? Quantos alunos ela já formou? Como estão esses alunos hoje? É um Centro de Formação de Instrutores PADI (PADI 5 Star IDC)? Qual é a relevância dela no mercado?

Colocar uma escola de mergulho com uma boa reputação e conquistas relevantes no seu currículo de divemaster ou instrutor de mergulho é uma ótima estratégia para causar uma boa primeira impressão na hora de procurar um emprego na área.

Faça uma avaliação tanto do ponto de vista técnico quanto de uma abordagem mais humana. Como é o atendimento dos profissionais? Como é a didática da escola? O que os alunos e ex-alunos falam dela?

É claro que o resultado de todas essas avaliações não é uma garantia total. Vez ou outra (e isso vale para toda e qualquer empresa), é, sim, possível que uma instituição tenha uma ótima reputação e proporcione uma experiência de serviço aquém do esperado. Mas é muito pouco provável que uma instituição que já possui uma reputação ruim consiga oferecer um bom serviço

#3 - INFORME-SE SOBRE A LOCALIZAÇÃO

INFORME-SE SOBRE A LOCALIZAÇÃO

Quando falamos em mergulho, naturalmente, lembramos do mar. Afinal, o mar é o ambiente principal de todo o universo do mergulho.

Por conta disso, estudar em uma cidade litorânea facilita bastante a vida dos futuros profissionais de mergulho. A proximidade do mar faz toda a diferença no dia a dia das aulas práticas, além de facilitar bastante os mergulhos requeridos para a sua certificação de divemaster ou instrutor de mergulho.

Imagine ter que deslocar-se vários quilômetros todas as vezes que precisar mergulhar. Além de gastar mais tempo e dinheiro no deslocamento, é preciso levar também todo o equipamento de mergulho o que dificulta bastante a logística. Devido a essa dificuldade outro ponto importante é que a sua formação se irá estender consideravelmente e você aproveitará muito menos. Se a escola de mergulho já fica localizada perto do mar, isso facilita bastante todo o processo

A Let’s Dive é muito privilegiada nesse quesito. Nossa escola fica a menos de 50 metros da Praia de Pajuçara, em Maceió, o que viabiliza ainda mais toda a operacionalização das saídas para mergulho no mar.

#4 - ANALISE O CURRÍCULO DOS INSTRUTORES

ANALISE O CURRÍCULO DOS INSTRUTORES

Não adianta a escola ter toda a estrutura necessária ou ficar localizada à beira-mar se os instrutores que vão ministrar as aulas não possuem capacitação ou experiência suficiente para lhe proporcionar uma formação de qualidade.

É importante que você analise o currículo dos profissionais que serão seus instrutores durante seu curso de divemaster ou instrutor de mergulho. Quem são eles? Há quanto tempo eles trabalham profissionalmente com mergulho? ? Qual o nível de certificação deles? Além da certificação principal, que outras formações eles têm?

Embora pela PADI um instrutor de mergulho recém formado esteja qualificado para formar divemasters, esta talvez não seja a melhor opção, pois este instrutor ainda tem pouca experiência no mercado, o que é fundamental para uma boa instrução.

Certifique-se de eles possuem todo o conhecimento necessário para formarem outros profissionais de mergulho. Aqui, aproveitamos para lembrar que o divemaster não é um instrutor de mergulho, e que, por isso, não pode ser responsável pela formação de outros divemasters.

Na Let’s Dive, por exemplo, além de ter instrutores certificados e super inseridos no mercado, também oferece vários workshops sobre como estruturar seu currículo, técnicas de marketing aplicadas ao mergulho, vendas para profissionais de mergulho, entre vários outros que irão complementar a sua formação profissional e ajudar você a se destacar no mercado.

#5 - PROCURE POR BENEFÍCIOS E VANTAGENS ADICIONAIS

PROCURE POR BENEFÍCIOS E VANTAGENS ADICIONAIS

Encontrar uma escola de mergulho com uma boa estrutura, com instrutores gabaritados, que oferecem um ensino de qualidade é maravilhoso. Mas, como já falamos em outro artigo, existem outras habilidades que um profissional de mergulho precisa desenvolver para se destacar no mercado de trabalho.

Depois de realizar uma análise minuciosa da escola, observando todos os aspectos que relacionamos neste artigo, veja se a escola que você escolheu possui algum diferencial que possa agregar mais valor à sua formação.

E você, já decidiu o que fazer na sua segunda carreira? Deixe seu comentário contando como está o seu planejamento ou como está a sua experiência em ter duas carreias. Se preferir, escreva também sobre as suas dúvidas neste assunto que eu lhe responderei.

#6 - LEIA AS LETRINHAS MINÚSCULAS DO CONTRATO

LEIA AS LETRINHAS MINÚSCULAS DO CONTRATO

Por último, esteja atento a todos os termos do acordo.

Verifique se o valor e as condições de pagamento do curso estão conforme o combinado. Confira a carga horária total da formação. Certifique-se de que o serviço já inclui os mergulhos que você precisará fazer para obter sua certificação além de todo o material didático.

Se tudo estiver de acordo com o que foi acertado, assine os papéis e comece a viver a sua nova vida! 😉

Esperamos que este artigo ajude você a escolher uma boa escola de mergulho para fazer a sua formação. Se você tem outros questionamentos, ou se quer conhecer um pouco mais sobre a Let’s Dive, entra em contato com a gente pra bater um papo!

 

Você também vai gostar de