Tendências do Turismo de Mergulho pós-pandemia COVID-19

O que será do Turismo de Mergulho pós-pandemia COVID-19?

A atual pandemia está mudando nossas vidas, mudando o mundo. E não estou falando apenas de uma mudança em nossa rotina neste momento de isolamento social, mas uma mudança em nossos hábitos e na forma como agimos e nos relacionamos com as pessoas.

O novo coronavírus foi descoberto no dia 31/12/2019 na China, e a partir de fevereiro a OMS (Organização Mundial da Saúde) passou a chamar oficialmente a doença causada pelo novo coronavírus de COVID-19. COVID significa Corona Virus Disease (Doença do Coronavírus), enquanto “19” se refere ao ano 2019.

O COVID-19 é visto por muitos especialistas em negócios como o acelerador de futuros, pois está forçando a revisão de valores da sociedade e a modernização das rotinas através da tecnologia.

Ou seja, muitas tecnologias que antes não eram muito aceitas pela população ou ainda eram embrionárias agora estão se tornaram parte de nossas vidas. Mas há muito mais por vir, e entender que o mundo permanecerá diferente é importante para nos preparamos para o futuro.

Numa entrevista para a BBC Brasil, o biólogo e doutor em microbiologia pela Universidade de São Paulo Átila Iamarino declarou que “O mundo mudou, e aquele mundo (de antes do coronavírus) não existe mais. A nossa vida vai mudar muito daqui para a frente, e alguém que tenta manter o status quo de 2019 é alguém que ainda não aceitou essa nova realidade.”

Nas últimas semanas, fomos forçados a reinventar nossa forma de trabalhar, consumir e até a mesmo de interagir com as pessoas. Nos negócios, enfrentamos desafios enormes na forma de liderar equipes, gerenciar o trabalho home office, gerar demanda e continuar engajando com nossos clientes.

Ainda são muitas incertezas! Mas precisamos focar, se antecipar, olhar para a frente e adaptar nossos negócios para o novo mundo que está surgindo.

Nada é definitivo, ainda veremos muitas mudanças no mundo, mas já podemos ter ideia de algumas tendências para o mercado.

Por isso, separei sete tendências do Turismo de Mergulho pós-pandemia COVID-19, e quero compartilhar com você!

Atividades outdoor

#1 – Valorização das atividades outdoor

O fechamento do comércio e o estímulo ao home office, medidas adotadas para conter o COVID-19, estão mantendo milhões de pessoas isoladas dentro de casa. Tal isolamento social produz angústia em muitas delas, e o desejo por estar ao ar livre aumenta a cada dia.

A consequência disso é que o confinamento domiciliar está fazendo com que as pessoas valorizem mais as atividades outdoor. Queremos estar ao ao ar livre, queremos nos conectar com a natureza!

Portanto, haverá uma busca maior por espaços abertos, como parques, praças e praias evitando aglomerações em lugares fechados. E está aí uma grande oportunidade para o Turismo de Mergulho.

Com o fim da pandemia do novo coronavírus, pessoas que antes nem pensavam em mergulhar, enfim serão atraídas para a atividade. E o mergulho é uma ótima maneira de estar em contato com a natureza, relaxar e viver experiências novas.

Ou seja, a longo prazo haverá um estímulo natural para o crescimento da atividade no Brasil e no mundo, o que é uma excelente notícia para quem está pensando em trabalhar com mergulho.

#2 – Maior preocupação com a higienização

Não é de hoje que o consumidor exige cada vez mais a higienização das lojas e estabelecimentos.

Com o novo coronavírus, a higienização vai muito além de estar arrumado e limpo. Agora a frequência e a atenção aos detalhes serão novos fatores de atenção. Nossa preocupação com a higiene nunca mais será a mesma.

E no mergulho não será diferente! Como anda a higienização dos equipamentos de mergulho entre os clientes, especialmente o bocal do regulador e do snorkel? E a higienização da embarcação?

Esse será um item mandatório na oferta de serviços de mergulho.

#3 – Reconfiguração dos espaços do comércio

Os cuidados com a saúde e o bem-estar devem permanecer após a pandemia. As pessoas continuarão com receio das aglomerações.

As escolas de mergulho, assim como qualquer outro estabelecimento, deverão redesenhar seus espaços para reduzir a aglomeração e facilitar o acesso aos produtos de higiene, como por exemplo álcool em gel.

Compra de curso pela internet

#4 – Mudança na forma de consumir

Segundo dados do Global Digital 2019 reports, 57% da população utiliza a internet, e 45% as redes sociais.

Os smartphones estão popularizando o uso da internet, onde 52% dos usuários acessam através do celular. A experiência do isolamento social tem criado novos hábitos de consumo, revelando que o e-commerce nunca foi tão essencial como hoje.

Atualmente o e-commerce representa 37% das compras, e entre os principais motivos que levam uma pessoas a comprar pela internet estão a possibilidade de comparar preços (54%), preços mais baixos (46%), economizar tempo e evitar a ida ao estabelecimento (Fonte Blog Oberlo).

Ainda segundo o mesmo site, 85% das pessoas pesquisam na internet antes de fazer uma compra online. E isso é válido também para o Turismo de Mergulho.

#5 – Presença digital

Hoje dar uma olhada no celular antes de dormir e ao acordar já são hábitos comuns para muitas pessoas. Você sabia que passamos, em média, cerca de 4 horas por dia na internet?

Entre as redes sociais mais utilizadas estão Facebook, YouTube e Whatsapp, mas existem outras que estão em ampla expansão, como o Instagram.

Como vimos, os hábitos de consumo mudaram e as pessoas estão usando a internet e as redes sociais para pesquisar destinos de viagens e novas experiências. E aí entra mais uma vez o Turismo de Mergulho para aproveitar os resultados dessas buscas.

#6 – Revisão de crenças e valores

Uma crise na saúde pública faz com que a sociedade reavalie seus valores e suas crenças. Funciona mais ou menos como um botão de reset. E temos observado um aumento na solidariedade entre as pessoas, que tem ajudado os idosos, os vizinhos e as comunidades mais necessitadas.

Até as grandes empresas têm realizado mais ações responsabilidade social, como o caso da Ambev que irá produzir e doar 500 mil unidades de álcool gel para hospitais públicos. E os consumidores percebem e valorizam esse tipo de atitude.

Mas não é preciso ser uma empresa grande para contribuir. Pequenas empresas, como as escolas de mergulho, também podem ajudar a comunidade na qual está inserida, incluindo seus próprios instrutores de mergulho e staffs.

Não podemos deixar que a crise roube nossos valores. O comportamento durante a crise dos proprietários de Dive Centers e até mesmo dos instrutores de mergulho independentes será valorizado no futuro. Por isso, devemos fortalecer a nossa solidariedade no momento que mais precisamos de união.

Cursos Online PADI

#7 – Educação à distância

O COVID-19 impôs ao mundo uma verdadeira transformação digital. Se antes o ensino à distância (EAD) era visto com maus olhos por uma maioria relutante, hoje se tornou rapidamente uma realidade inescapável.

Segundo o Censo de Educação Superior 2018, divulgado pelo Ministério da Educação, o número de alunos matriculados em cursos superiores EAD superaram pela primeira vez número de alunos matriculados em cursos superiores presenciais.

Se em 2019 o ensino à distância já apresentava crescimento, em 2020 estamos sendo forçados a adotá-lo nos diversos níveis de ensino. E no mergulho não seria diferente!

A PADI, maior e mais reconhecida certificadora de mergulho do mundo, vem investindo desde 2015 em materiais digitais e plataformas que facilitam o ensino à distância. Atualmente a PADI oferece 12 materiais digitais disponíveis em mais de 16 idiomas.

O ensino à distância no mergulho possui muitas vantagens, já que o aluno e o instrutor podem investir mais tempo na parte prática dos cursos.

E você, acredita que faltou alguma tendência na lista? Conta pra gente, qual a sua opinião sobre as tendências do Turismo de Mergulho pós-pandemia COVID-19? E se você gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e nas suas redes.

QUER TRABALHAR COM MERGULHO?

Veja o passo a passo para virar um Instrutor de Mergulho e comece a planejar a sua mudança de vida agora

4 Comentários

  • Avatar
    por Farid Publicado 5 de maio de 2020 08:47

    Sensacional!!! Concordo com tudo ! Inclusive com a fonte de info: ÁTILA. O cabra é fera e qdo vc se baseia em informações reais e técnicas, da nisso, uma matéria ótima. Obrigado

    • Fernanda Paiva
      por Fernanda Paiva Publicado 11 de maio de 2020 10:29

      Fico muito feliz que tenha gostado desse artigo Farid!

  • Avatar
    por Companhia do Mergulho Publicado 5 de maio de 2020 09:20

    Aqui somos Gustavo Mercadante e Emma V. Stauss da Companhia do Mergulho em Morro de São Paulo, Bahia
    Valeu pelas dicas, ‘Tamos juntos! Que passa logo esse vírus para ter uma temporada 2020-2021

    • Fernanda Paiva
      por Fernanda Paiva Publicado 11 de maio de 2020 10:28

      Com certeza pessoal! Daqui a pouco estaremos mergulhando novamente! Esperamos uma visita de vocês!

Adicionar o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *