Não gosto de trabalhar em escritório, o que fazer?

O que para muitos é um sonho, para outros pode ser um pesadelo: trabalhar em escritório. Mas, calma! Você não gosta de trabalhar em escritório? Não esquenta! 

O trabalho em escritório tem cada vez menos fãs ao redor do mundo. Não é à toa, convenhamos: o escritório muitas vezes é sinônimo de inflexibilidade e rigidez

Essa não precisa ser a sua realidade. Para tudo tem jeito. Se você é como um pássaro livre que não consegue se acostumar entre 4 paredes e 8 horas em frente ao computador, esse post é para você! 

Há algum tempo, vivíamos de uma forma diferente. Não estávamos rodeados pela tecnologia, não existia o bombardeio de informações e nada de redes sociais, como atualmente. 

Ao invés disso: jornal, telefone, televisão e carta. O acesso era limitado e, portanto, os caminhos não eram tão diversos. 

Agora, a vida é outra. Vivemos a era da tecnologia e informação, da geração que foi criada para fazer as coisas com propósito. Escolher fazer aquilo que ama. Mas, e você, faz o que ama?

Caso a resposta seja “não”, considere replanejar sua vida e começar a pensar numa segunda carreira

O termo “segunda carreira” é relativamente novo para muitas pessoas, ainda que algumas delas realizem atividades paralelas e remuneradas nas horas vagas, principalmente aqui no Brasil. 

Muitos são os motivos que levam alguém a apostar numa segunda carreira: insatisfação profissional, aposentadoria, curiosidade, insegurança econômica, etc. 

Mas além desses motivos, uma segunda carreira é uma ótima opção para você experimentar outras profissões.

Mas para você você obter o sucesso, o importante é planejar com cautela todos os passos até a segunda carreira desejada. 

Uma segunda carreira pode ser o início de uma mudança de carreira, quando há um abandono das funções da carreira anterior. 

Pode ainda ser um projeto para aqueles que se aposentaram cedo e possuem estabilidade financeira e tempo para investir em uma segunda profissão. 

O medo, na maioria das vezes, é a única coisa que impede de alguém desenvolver uma segunda carreira. Por isso, deixar a insegurança e o comodismo de lado é o primeiro passo para o sucesso no desenvolvimento de uma segunda profissão. 

Depois do primeiro passo dado, você pode se guiar através destas 5 dicas que preparamos: 

5 DICAS PARA QUEM NÃO GOSTA DE TRABALHAR EM ESCRITÓRIO

dicas para quem não gosta de trabalhar em escritório
  1. Crie uma linha do tempo sobre a sua vida: Identifique os principais acontecimentos. Em seguida, faça uma lista enumerando os principais motivos de ter feito tais coisas e porque tais fatos te marcaram.
  2. Retorne à sua infância: O que você sonhava em ser? O que você mais gostava de fazer? Faça uma lista e pense como cada uma dessas profissões te chamava atenção. Ao lado, escreva a razão. Risque as profissões que talvez não faça sentido (ex.: Paquita da Xuxa). Veja se sobraram algumas que combinem com suas habilidades e pesquise mais sobre elas.
  3. Pergunte para amigos íntimos o que eles imaginam você fazendo. E não esqueça de perguntar os motivos. Você pode se surpreender com as respostas! Eles podem te contar habilidades escondidas que você não sabia que tinha.
  4. Estude muito! Busque em sites, livros e blogs os assuntos que mais te interessam. Isso, com certeza, vai te ajudar bastante.
  5. Procure ajuda de profissionais especializados, como psicólogos. Eles vão te orientar no processo de autoconhecimento, te ajudando a entender melhor quem é e quais são as suas verdadeiras vontades.

Seguindo estas 5 dicas, ficará mais fácil para você encontrar, definitivamente, a sua segunda carreira e fugir da realidade do escritório de todo-santo-dia

Você pode, ainda, considerar os seus fins de semana para buscar e praticar atividades prazerosas e remuneradas!

VOCÊ JÁ PENSOU EM SE TORNAR UM(A) INSTRUTOR(A) DE MERGULHO?

Profissão de Instrutor de Mergulho

A atividade tem ganhado muita popularidade por oferecer mais flexibilidade, sendo buscada, principalmente, pelo fator satisfação pessoal

Para muitas pessoas que estão cansadas da realidade entediante do escritório, por exemplo, a possibilidade de trabalhar em verdadeiros paraísos ao redor do mundo, a mudança da rotina e os benefícios à saúde física e mental têm feito do mergulho a escolha perfeita! 

Você consegue se imaginar ministrando aula para pessoas, que assim como você, têm buscado a mesma mudança de vida e no outro dia mergulhando em um naufrágio espetacular? 

Pois é! A sua rotina não será mais a mesma, e o mar se tornará o seu escritório! 

Parece perfeito, não é? E é mesmo! Afinal, o que há de errado em fazer o que gosta, ter contato direto e diário com a natureza e receber por isso? 😉 

Você pode ganhar dinheiro acompanhando um grupo numa viagem de mergulho, ministrando cursos ou guiando mergulhadores certificados. 

E o melhor, como antes dito, você pode se jogar em verdadeiros paraísos ao redor do mundo, pois a certificação PADI – diferente do seu diploma – é válida no mundo todo

Ah, e para você que não gosta de trabalhar em escritório, não tem como não lembrar do incômodo que é o trânsito lotado para ir e voltar todos os dias para o trabalho, não é? 

Mas, agora você pode esquecer e, literalmente, relaxar. Pois, o mergulho traz o alívio do stress como benefício também. Assim como a melhora do seu condicionamento físico e respiratório! 

São muitos benefícios em uma única escolha! Você pode alinhar o mergulho com a sua atual profissão ou torná-lo a sua profissão de fato. Você decide! E diferente dos mitos criados sobre o mergulho, a atividade é muito segura e rentável, sim! 🙂 

Inclusive, você faz o seu horário e salário! Isso depende da sua disponibilidade e dedicação.  

Os benefícios de se tornar um(a) Instrutor(a) de Mergulho são muitos, como você leu aqui. 

Mas, você sabe como se tornar um(a) Instrutor(a) de Mergulho

Ficou curioso(a) sobre como funciona a rotina de um(a) Instrutor de Mergulho(a)? Você pode tirar todas as suas dúvidas aqui mesmo no blog, deixe um comentário!  

E para não perder nenhuma novidade, inscreva-se também em nossa newsletter no box ao lado! 🙂 

E agora, você que não gosta de trabalhar em escritório, se sente mais seguro(a) para largar a mesmice do dia-a-dia e abraçar a sua segunda carreira? Vem com a gente e explore esse mar de oportunidades! 

Inclusive, se você curtiu esse post e tem amigos que também querem mudar de vida e encarar novas aventuras, compartilhe nas redes sociais e marque-os! 😀