Como prometemos, hoje estamos começando nossa série sobre as diversas carreiras no mergulho.

A ideia é trazer para vocês informações sobre as possibilidades da profissão, o portfólio e o currículo da formação, a média de duração dos cursos e algumas informações sobre o mercado. Como sempre, vocês são muito bem-vindos a contribuir nos comentários! 😉

Para inaugurar nossa série, resolvemos fazer nosso primeiro post começando pelo básico, por isso a carreira de mergulho escolhida para hoje foi o primeiro nível profissional da PADI: o DIVEMASTER.

Queremos te ajudar a esclarecer algumas dúvidas, como:

  • O que faz um divemaster?
  • O que você vai aprender no curso de divemaster?
  • Em quanto tempo você pode se tornar um divemaster?
  • Como é o mercado de trabalho para o divemaster?

Curioso? Chega junto e mergulha com a gente nesse universo!

O que faz um divemaster?

O que é um divemaster

Como já comentamos acima, o divemaster é o primeiro nível profissional da PADI. É o nível mais básico de certificação que permitirá que você possa trabalhar com mergulho recreativo.

O divemaster atua como um monitor de mergulho. Ele pode guiar outros mergulhadores certificados, ou, ainda, ser um profissional de suporte para os instrutores de mergulhos em seus cursos.

Aqui, eliminamos a primeira dúvida que muitos ainda têm: ao contrário do que muitos podem pensar, o divemaster NÃO é um instrutor de mergulho. Mesmo sendo, sim, um profissional do mergulho recreativo, o divemaster não pode ensinar outras pessoas a mergulhar, nem ministrar aulas, por mais simples que possam parecer, relacionadas ao universo do mergulho. Esse é um papel exclusivo dos instrutores de mergulho.

Entretanto, o divemaster pode, sim, auxiliar os instrutores na supervisão e acompanhamento dos alunos durante a realização de um curso (dentro e fora d’água).

O divemaster é um líder de mergulho, responsável pela segurança de outros mergulhadores. Ele é uma figura indispensável. Um bom divemaster faz toda a diferença em uma operação de mergulho.

O trabalho do divemaster vai muito além do momento do mergulho propriamente dito. Estende-se para antes e depois. Neste post que publicamos há um tempo, você pode ver de que formas o divemaster contribui ativamente e é essencial para o sucesso de uma operação de mergulho.

O que você vai aprender no curso de divemaster?

mercado de trabalho divemaster

Antes de entrar nas especificidades do curso, é preciso destacar uma informação importante: o divemaster é o primeiro nível para aqueles que desejam trabalhar com mergulho, mas antes de se tornar um divemaster, existem outros cursos de mergulho que você precisa fazer.

Para iniciar o curso de divemaster, você precisa fazer outros 4 cursos:

  • Curso Básico de Mergulho
  • Curso Avançado de Mergulho
  • Curso de RCP e Primeiros Socorros
  • Curso de Mergulhador de Resgate

Além disso, você precisará ter 40 mergulhos registrados para iniciar seu curso de divemaster. Os 4 cursos acima já garantem 14 mergulhos de treinamento.

No curso, os futuros divemasters aprendem desde temas mais técnicos como o gerenciamento das operações, a segurança e supervisão de alunos e outros mergulhadores certificados, até temas mais estratégicos como atendimento ao cliente e gestão de negócios.

Alguns temas abordados durante o curso são:

  • Meio ambiente;
  • Equipamentos;
  • Planejamento avançado de mergulho;
  • Fisiologia aplicada ao mergulho;
  • Física aplicada ao mergulho;
  • Normas e padrões PADI.

Na nossa página Como Virar Instrutor de Mergulho aqui no site, você encontra informações mais detalhadas!

Em quanto tempo você pode se tornar um divemaster?

Quanto tempo para virar divemaster

O prazo para que você finalize seu curso e possa trabalhar como divemaster é relativo e depende bastante da escola que você escolheu.

O curso de divemaster (sem considerar os cursos que citamos acima, que são pré-requisitos) dura em torno de 30 dias, pois requer um tempo maior para explorar suas habilidades de mergulho e resolução de problemas.

Na Let’s Dive, você pode ir do zero a divemaster em 3 meses, já considerando neste prazo todos os mergulhos registrados que você precisa fazer para receber sua certificação.

Uma coisa importante que já falamos em outros posts, mas que é sempre bom lembrar é a necessidade de avaliar com calma e muito cuidado suas possíveis escolas. Verifique se o curso que você está escolhendo já inclui (no valor do curso e no cronograma) todos os mergulhos necessários para a conclusão do seu curso, além do material didático como enciclopédia do mergulho, workbook e eRDPml. Isso pode fazer muita diferença no seu investimento de dinheiro, esforço e tempo. Fica a dica!

Como é o mercado de trabalho para um divemaster?

curso de divemaster

Aqui no Brasil não é muito comum contratarem divemaster. Como por aqui a indústria do mergulho ainda está em desenvolvimento, as operadoras de mergulho preferem contratar instrutores de mergulho, pois eles dão mais flexibilidade à operações.

Entretanto é possível achar um trabalho de divemaster em Fernando de Noronha ou Arraial do Cabo, locais com maior volume de operações de mergulho.

Entretanto, lembre-se que como muitos buscam trabalhar como divemaster nesses destinos você precisará de um bom currículo para se destacar no processo seletivo.

Desta forma, invista na sua formação fazendo cursos como manutenção de equipamento ou blender nitrox (recarga de nitrox), aprenda línguas e adquira experiência de operação de mergulho.

Após se formar como divemaster procure participar do máximo de estágio que puder, mesmo que não seja remunerado. Você precisa ter experiência em operações de mergulho e isso não significa mergulhar como cliente.

Fora do Brasil é mais comum a contratação de divemaster. Existem muitas vagas de trabalho ou de estágio, também conhecido como interships.

Se o seu objetivo é viajar e conhecer novas culturas sua certificação de divemaster será seu passaporte de entrada. Diferente das profissões tradicionais, onde seu diploma não é reconhecido em muitos países, uma certificação PADI lhe garantirá uma facilidade maior em conseguir trabalho e até visto de permanência,

Já pensou em trabalhar no caribe? Nos sites divezone.net e diversjobs.com você encontrará diversas oportunidades espalhadas pelo mundo. 🙂

Fonte de imagens: Freepik

E aí? Gostou do primeiro post da nossa série de carreiras no mergulho? Conseguimos esclarecer suas dúvidas sobre a profissão de divemaster? Que outras carreiras você quer que sejam abordadas aqui no blog? Deixe sua sugestão pra gente nos comentários!

 

Você também vai gostar de