O trabalho de instrutor de mergulho pode parecer um sonho muito distante, mas a jornada até lá pode ser mais fácil do que você imagina, além de uma ótima forma de ganhar dinheiro.

A indústria do mergulho está muito carente de bons profissionais.

Muitos proprietários de Dive Center estão olhando apenas o lucro, priorizando quantidade em vez de qualidade. E muitos profissionais não estão comprometidos ou estão na atividade apenas para se divertir.

Infelizmente este é o cenário do turismo de mergulho em algumas localidades aqui no Brasil, mas isso pode ser uma grande oportunidade!

Se você quer mudar de vida e se dedicar exclusivamente ao mergulho, a hora de entrar no mercado de trabalho é agora.

Hoje iremos passar algumas dicas para os instrutores de mergulho em formação ou recém formados que desejam ingressar no mercado de trabalho de forma rápida e prática.

Ficou curioso? Então vem com a gente conferir cada dica:

#1 – INVISTA NUMA BOA FORMAÇÃO

Formação de instrutor de mergulho

A primeira coisa que você deve priorizar para conseguir um emprego dos sonhos é a qualidade da sua formação.

Escolher uma escola de mergulho apenas pelo preço será seu maior erro, pois certamente faltará conhecimento prático e teórico para desempenhar suas funções como instrutor.

Muitos acham que o conteúdo do Curso de Divemaster ou até do Curso de Desenvolvimento de Instrutor  (IDC) nunca mais será utilizado durante a sua carreira, mas isso é um equívoco.

O conteúdo dos seus cursos será seu alicerce. No curso de Divemaster você vai aprender toda a teoria do mergulho, como física e fisiologia do mergulho, e vai entender o porquê de alguns fenômenos e regras existem no mergulho.

Além disso, você vai aprender a preparar e organizar operações de mergulho, mas é importante buscar conhecimentos complementares como aprender a fazer recarga de cilindros e algumas manutenções básicas em equipamentos.

Já no Curso de Instrutor (IDC) você vai aprender toda a metodologia de ensino da PADI que você deverá seguir pelo resto da sua carreira.

Durante o IDC você também vai aprender sobre o negócio do mergulho e como vender os produtos PADI. Lembre-se, mesmo trabalhando num Dive Center você será o contato com o cliente final.

E não pense que os outros cursos que você terá que fazer para chegar aos níveis profissionais não são importante. Cursos como básico e avançado vão desenvolver suas habilidades de mergulho.

Imagine chegar num nível profissional sem saber as habilidades básicas, como você será capaz de ensinar uma coisa que você mesmo não domina?

Se você ainda não iniciou sua jornada e ainda tem dúvida sobre quais cursos precisa fazer para se tornar um instrutor de mergulho você não deixar de visitar nosso portal.

#2 – NÃO FIQUE ESPERANDO! CORRA ATRÁS DAS OPORTUNIDADES

Suporte IDC PADI

Por se tratar de uma área muito vasta, procurar por uma vaga de instrutor não será o problema. Afinal, o mergulho recreativo é à paixão de pessoas em todo o mundo.

Escolas de mergulho, resorts, cruzeiros, dive centers sao apenas alguns dos locais onde você pode procurar por vagas de instrutor de mergulho.

Além disso, trata-se de uma profissão onde você pode viajar por diversos lugares, ou seja, você pode procurar por oportunidades fora do Brasil.

Para encontrar o emprego dos sonhos aqui no Brasil você pode consultar o próprio site da PADI e acompanhar as redes sociais do Escritório de Distribuição da PADI (BDO) aqui no Brasil.

Para oportunidades em outros países você pode consultar 2 sites: www.diversjobs.com e divezone.net.

Lembre-se que você deve escolher muito bem a empresa onde quer trabalhar.

Sendo assim, pesquise sobre a empresa na internet. Veja a opinião dos clientes. Converse que pessoas que trabalham ou já trabalharam lá.

Você precisa avaliar se essa empresa compartilha dos mesmos valores que você e se você será feliz lá.

Não seja levado pelo desespero e saia aceitando qualquer coisa. Isso será ruim, pois ao aceitar trabalhar para uma empresa queimada no mercado só pelo dinheiro você estará queimando seu currículo e seu nome.

#3 – APROVEITE A SAZONALIDADE ENTRE OS HEMISFÉRIOS

Rotina Instrutor de Mergulho

​A sazonalidade​ no hemisfério sul e hemisfério norte​ é algo que um instrutor de mergulho pode aproveitar.

As mudanças climáticas fazem com que surjam grandes oportunidades de emprego para instrutores de mergulho nos mais diversos lugares do mundo.

Aqui no hemisfério sul as melhores épocas vão de novembro a março, quando é o verão aqui no Brasil. Já no hemisfério norte vai de junho a setembro.

Sabendo disso você pode aproveitar a queda da demanda por mergulho no inverno aqui no Brasil para ir para algum lugar no hemisfério norte para trabalhar.

Você já se imaginou trabalhando em Açores em Portugal ou em alguma ilha do Mar Mediterrâneo?

Conhecer lugares onde jamais imaginou estar? Descobrir espécies marinhas que jamais imaginou que existissem? Isso tudo é possível se você pretende trabalhar como um instrutor de mergulho.

#4 – ELABORE UM SUPER CURRÍCULO

ANALISE O CURRÍCULO DOS INSTRUTORES

Se pretende enviar um currículo para trabalhar como instrutor de mergulho, tenha em mente que todas as informações serão de extrema importância.

Lembre-se de não deixar nada para trás. Coloque seus dados pessoais atualizados, detalhe sua formação e suas experiência no mergulho e fora do mergulho.

Como se trata de um tipo de emprego onde você pode contribuir na administração e e gestão da empresa, qualquer especialidade pode ser aproveitada.

Um curso de administração, jornalismo ou biologia, por exemplo, pode ser aproveitado de uma certa forma. Isso sem falar em outros idiomas ou conhecimentos de informática.

Ás vezes você pode até pensar que uma pequena qualificação fora do mergulho não irá te ajudar a conseguir um trabalho como instrutor de mergulho, mas talvez isso seja seu diferencial.

Então lembre-se, seu currículo deve conter todas as informações sobre cursos, trabalhos, vitórias, enfim, tudo aquilo do que se orgulha.

Aqui no blog já escrevemos um artigo listando os passos para construir um bom currículo de instrutor de mergulho.

#5 – PREPARE-SE PARA A ENTREVISTA

Mercado de Trabalho no México

Ao se apresentar como um instrutor de mergulho você deve demonstrar confiança.

Afinal, se se tornou um instrutor de mergulho é porque conquistou alguma coisa, aprendeu algo, obteve experiência.

Sua autoconfiança irá te ajudar a passar uma boa impressão. Pois se você não acreditar em si mesmo quem irá acreditar?

Mas lembre-se de ser você mesmo, não acrescenta nem diminua coisas. As pessoas precisam te ver como o instrutor de mergulho que você realmente é, não uma ilusão.

Irão exigir que seja aquela pessoa que demonstrou ser na primeira entrevista. E caso percebam que você não é essa pessoa, as coisas podem se complicar.

Veja aqui algumas habilidades de gestão que podem fazer você se destacar no seu dia a dia.

Lembre-se também de pesquisar sobre a empresa para qual está pretendendo trabalhar. Leia o site dela, veja o que faz dela especial e quais são os seus diferenciais.

Saber sobre a empresa mostrar que você é uma pessoa curiosa e tem interesse em fazer parte dela.

Infelizmente muitas pessoas vão para a entrevista muito mal preparadas. Não sabem quais são os serviços prestados pela empresa, como funciona de mode geral suas operações e as vezes não sabem nem em qual cidade está o Dive Center.

CONCLUSÃO

Viva a rotina de um instrutor

Trabalhar como instrutor de mergulho pode ser uma ótima opção para quem pretende ter mais qualidade de vida e viver fazendo o que ama.

Mas como qualquer outra profissão, requer que o profissional se dedique desde sua formação.

Não há milagre! Se você quer ser um instrutor de mergulho de sucesso e construir uma vida trabalhando com o que gosta, precisa investir em uma boa formação, agregar conhecimentos extras para se diferenciar e correr atrás das oportunidades.

Muitos instrutores recém formados sofrem devido à falta de experiência para entrar no mercado de trabalho, pois não aproveitaram seu período de formação para adquirir experiência e para aprender coisas que vão além do padrão da certificadora.

Num mercado competitivo como o que vivemos hoje, cada habilidade/conhecimento extra pode ser um grande passo para alcançar o emprego dos sonhos.

Um currículo bem elaborado e uma boa apresentação podem ser o primeiro passo para à realização dos seu sonhos.

Mas com certeza suas qualificações serão o ponto chave. A primeira coisa a ser avaliada é qual é o seu nível de instrutor e quais são as especializações que você ministra.

SE DIFERENCIE NO MERCADO

Seja um instrutor Master Scuba Diver Trainer 

Compartilhe com a gente a sua opinião nos comentários. Você também pode apontar outras dificuldades que você encontrou na hora de entrar no mercado de trabalho.

 

Você também vai gostar de