Tudo sobre o mercado de trabalho e o salário de Instrutor de Mergulho

Você sabe o que faz um instrutor de mergulho? Se você tem acompanhado a nossa sequência de posts sobre este profissional e suas áreas de atuação, certamente, a resposta será sim.                                

O instrutor de mergulho é um profissional indispensável para o mundo do mergulho recreativo! Até porque, para que uma pessoa possa aprender a mergulhar e conhecer o mundo subaquático, é essencial a presença desse profissional para transmitir segurança, todo o conteúdo e técnicas que envolvem o mergulho autônomo.

O que faz um instrutor de mergulho? O que é preciso para se tornar um instrutor de mergulho? As respostas para essas e outras perguntas você encontrará aqui, para se situar melhor nas informações a seguir.

Se você pretende iniciar a sua carreira no mergulho e aproveitar todos os benefícios e as vantagens desse trabalho divertido, prazeroso e muito encantador, primeiramente, diver, é preciso que você entenda uma coisa: você vai precisar de muito foco e determinação, e se especializar ao máximo (!) para ter um espaço notório nesse mercado. 

Além disso, o mais legal é que você vai atuar diariamente no fundo do mar, em contato direto com a natureza e os seus benefícios à saúde, e ainda por cima ajudar outras pessoas que, assim como você, querem descobrir as belezas subaquáticas e viver uma experiência inesquecível.

Gostou da ideia e quer saber sobre o mercado de trabalho e o salário de Instrutor de Mergulho?

Então, vamos mergulhar fundo nesse post cheio de infos!

#1 – O MERCADO DE TRABALHO PARA UM(A) INSTRUTOR(A) DE MERGULHO 

A demanda por instrutores de mergulho é bem maior do que divemaster ou assistente de instrutor. Isso porque um instrutor de mergulho pode fazer tudo o que outros níveis fazem e ainda pode ministrar os diversos cursos de mergulho.

 Enquanto um instrutor de mergulho, você terá a possibilidade de escolher se deseja trabalhar full time, em escolas e operadoras de mergulho, ou part time, ministrando cursos e participando de operações em seu tempo livre, seja à noite ou nos fins de semana. 

 Inclusive, a maioria das pessoas têm o mergulho recreativo como sua segunda carreira. Essa pode ser uma boa opção para você também.

Para aqueles que são extremamente apaixonados pelo mar, outra grande opção é trabalhar como instrutor de mergulho em cruzeiros e liveaboards (barcos especializados em turismo de mergulho). 

Nestas modalidades, a carga horária costuma ser maior, mas a remuneração costuma ser compatível.

Existe, ainda, a possibilidade de você trabalhar como um instrutor de mergulho autônomo, ministrando seus cursos de mergulho de maneira independente. Desta forma, você pode definir sua própria margem de lucro, mas precisará planejar como atrair e reter seus clientes.  

Você também precisará investir em equipamentos e toda a infraestrutura necessária para os cursos. Muitos instrutores trabalham em parceria com escolas de mergulho, alugando sua infraestrutura como piscina, sala de aula e equipamentos.  

Aqui você pode encontrar mais informações de onde você pode trabalhar como instrutor de mergulho.

Se você é mulher, a boa notícia é que o mercado do mergulho está procurando por você.

Uma instrutora de mergulho trás equilíbrio. Ter mulheres em uma equipe de trabalho traz vários benefícios para a escola de mergulho!

Hm, mas sobre o mercado de trabalho de um Instrutor de Mergulho…

Antes de te falar quanto ganha um Instrutor de Mergulho no Brasil, preciso explicar um tanto sobre esse mercado de trabalho tão outrageous.

Como é de se imaginar, o mercado de trabalho para um Instrutor de Mergulho aqui no Brasil é bem reduzido.

Isso porque, como antes dito, as operadoras dão mais preferência aos instrutores de mergulho do que aos profissionais com formação em divemaster, o que não significa que existe uma desvalorização dessa mão de obra.

É uma questão de flexibilidade e logística, falarei a seguir sobre.

É que o instrutor consegue oferecer maior flexibilidade, pois além de cuidar da logística da operação e guiar os mergulhos, ele também tem a possibilidade de ministrar os cursos. I$$o acaba sendo bastante atrativo, pois isso ajuda a manter o quadro de colaboradores regulado para as empresas.

Portanto, é melhor, consequentemente, contratar um profissional que realize todas as possíveis funções.

Mas aqui no nosso Brasil, infelizmente, a maioria das operadoras são menores e precisam trabalhar com quadros mais sucintos, considerando principalmente que o custo de operação por aqui é um taaanto alto. 

Por essas e outras, esta sequência de posts sobre a profissão de um Instrutor de Mergulho se faz necessária. 

Pois, acreditamos e recomendamos fortemente que você invista na sua formação e vire mesmo um Instrutor de Mergulho, pois isso fará mais portas se abrirem para você. Com toda acerteza, diver. Põe fé. 

Masss vamos lá, finalmente…

 

#2 – E O “MONEY”, QUAL O SALÁRIO DE INSTRUTOR DE MERGULHO?

Falamos sobre esse assunto no último post, inclusive.

 No Brasil, a média do salário fixo de um instrutor fica entre 1.200 a 2.000 reais, sem contar as comissões de cursos ministrados, mergulhos realizados e vendas!

 Instrutores que trabalham em regime freelancer (part time), geralmente, não recebem salário fixo como os instrutores que trabalham em tempo integral.

 Mas, se além de instrutor, você ocupar outras funções, como chefe de operação, por exemplo, provavelmente seu salário fixo será maior.

 Cruzeiros e live aboards costumam pagar salário de Instrutor de Mergulho fixo mais alto aos profissionais de mergulho, mas os valores são calculados com base na média do mercado local.

 Em média o salário em um live aboard, fora do Brasil, fica entre 1500 e 2000 dólares mensais, mas você precisa falar inglês e mais algum outro idioma como espanhol, francês, alemão ou italiano.

Para ter um salário de Instrutor de Mergulho maior você precisa entrar de cabeça na profissão. Desta forma, ser um instrutor fixo vai lhe ajudar a realizar seu sonho de viver do mergulho.

#3 – DICA: TORNE-SE UM(A) INSTRUTOR(A) DE MERGULHO! 

Trabalhar com mergulho apresenta muitas vantagens, e também representa uma vida cheia de aventuras e grandes emoções!

Geralmente, a profissão é exercida por pessoas que optaram por um mudança de vida, principalmente, pelo mergulho oferecer mais qualidade de vida e satisfação pessoal.

A PADI é maior certificadora de mergulho e tem todo um programa desenhado para quem deseja se tornar instrutor de mergulho: o Programa GoPRO é um pacote de cursos ideal para quem desejar se tornar um Divemaster ou Instrutor de Mergulho.

Aqui na Let’s Dive, o Programa GoPRO é muito mais do que um simples pacote de cursos.

Através de um treinamento intensivo, sua formação será focada no seu desenvolvimento como profissional desde o início.

Ou seja, desde do momento da sua chegada aqui na Let’s Dive você irá participar das operações e cursos como um membro de staff em treinamento e aprenderá todo o back office de uma operadora de mergulho.

Quer começar a se aventurar no mar e desbravar as belezas subaquáticas com o auxílio de instrutores de mergulho de alto nível? Conheça os nossos planos de carreira!

Conseguiu tirar as suas dúvidas, diver? Ainda vamos abordar um pouco mais sobre a carreira de Instrutor de Mergulho nos próximos posts! Você tem alguma sugestão de pauta?

Espero que você tenha gostado das informações que trouxe nesse post sobre o mercado de trabalho e salário de Instrutor de Mergulho. Caso sim, não esqueça de compartilhar o post nas redes sociais e marcar os seus amigos! 

Comenta aqui embaixo pra gente saber se você tem alguma outra dúvida que não foi esclarecida no texto, tá? E para não perder nenhuma informação, assine a nossa newsletter no box ao lado! 

Ah! Se quiser bater um papo mais detalhado sobre a carreira e salário de Instrutor de Mergulho, você pode mandar uma mensagem para gente marcar um horário. 

Até o próximo post, diver! 😉

TORNE-SE UM(A) INSTRUTOR(A) DE MERGULHO

Trabalhe com mais qualidade de vida, mergulhando no mundo todo.